.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. RASTREIO AUDITIVO NEONATA...

. MIELOMA MÚLTIPO

. "A DOR MENTE"

. MAIS BENEFÍCIOS DO CAFÉ

. SEMANA DA INCONTINÊNCIA U...

. HIV E SIDA

. BOAS FESTAS

. SUGESTÕES DE TEMAS?

. HIPERPLASIA BENIGNA DA PR...

. ENDOMETRIOSE

.arquivos

. Junho 2012

. Janeiro 2012

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Segunda-feira, 9 de Abril de 2007

HIPOCONDRIA - O MEDO DA DOENÇA

 

A hipocondria, também conhecida por nosomania, é um estado psíquico que se caracteriza pela crença infundada de se padecer de uma doença grave. Costuma vir associada a um medo irracional da morte, a uma obsessão com sintomas ou defeitos físicos irrelevantes, à descrença nos diagnósticos médicos, preocupação e auto-observação constante do corpo. A hipocondria pode vir associada ao transtorno obsessivo-compulsivo e à ansiedade.

 

“Os hipocondríacos constroem gaiolas e procuram-lhes a chave de nariz

rente ao chão, surdos ao rumorejar da vida um pouco mais além. Penam de

solidão atarefada. Mas quando se decanta a luz soturna da sua melancolia, não

é raro encontrarmos um depósito de superstição no filtro. Através de uma tortura inquisitorial privada expiram culpas inconfessáveis, mas é o corpo e não a alma a ser resgatado. Flagelando-se com doenças imaginárias, exorcizam maleitas possíveis; pagam indulgências com medo e sofrimento, não dinheiro;

sofrem para não sofrerem; são católicos medievais que se desconhecem.”

Júlio Machado Vaz in O Tempo dos Espelhos

 

As preocupações da pessoa quanto à gravidade da doença são baseadas, muitas vezes, numa interpretação incorrecta das funções normais do organismo. Por exemplo, o ruído dos intestinos e as sensações de distensão e de incomodidade que às vezes ocorrem à medida que os fluidos avançam através do tubo digestivo são normais. As pessoas com hipocondria utilizam tais «sintomas» para explicar a razão por que julgam ter uma doença grave. O facto de serem examinadas e tranquilizadas pelo médico não alivia as suas preocupações; elas tendem a crer que este não conseguiu encontrar a doença subjacente.

Suspeita-se de hipocondria quando uma pessoa saudável com sintomas menores está preocupada com o significado desses sintomas e não reage perante explicações tranquilizadoras depois de uma avaliação cuidadosa. O diagnóstico de hipocondria confirma-se quando a situação se mantém durante anos e os sintomas não podem ser atribuídos à depressão ou a outra perturbação psiquiátrica.

O tratamento é difícil porque uma pessoa com hipocondria está convencida de que tem algo gravemente alterado no seu corpo. Tranquilizá-la não alivia essas preocupações. No entanto, uma relação com um médico atento torna-se benéfica, sobretudo se as visitas regulares se acompanham de uma atitude tranquilizadora para o doente. Se os sintomas não se aliviarem adequadamente, pode consultar-se um psiquiatra para a sua avaliação e tratamento, continuando a manter o acompanhamento por parte do médico de primeiro atendimento.

A hipocondria existe, não é apenas um mito, nem uma doença rapidamente passageira. Para o aumento do número de pessoas hipocondríacas contribui, em parte, o aumento do conhecimento, pelo menos, aquele que é fornecido constantemente pela comunicação social e referente às várias doenças existentes e aos sintomas pelos que as mesmas se manifestam.

Como futuros médicos, devemos estar sensibilizados para este distúrbio psíquico e sensibilizar a população em geral.

 “A hipocondria é isso – um viver dobrados sobre nós mesmos.

Tão obsessivo que a desgraça dos outros, embora real, se vai metamorfoseando,

em simples e apagado mordomo; que anuncia a nossa, imaginada.”

Júlio Machado Vaz in O Tempo dos Espelhos

 

publicado por Dreamfinder às 15:08

link do post | comentar | favorito
94 comentários:
De Hipocondriaco a 1 de Setembro de 2011 às 23:35
Artigo muito interessante.

Os meus parabéns ao Dreamfinder.

Gostei particularmente porém do poema de Júlio Machado Vaz - O Tempo dos Espelhos. Acho que retrata perfeitamente o modus operandi de um Hipocondriaco.

O Hipocondriaco moderno porém tem outro grande "cancro" na minha opinião - o Google.

Passam a vida a pesquisar sintomas no Google, e chegam às patologias mais rebuscadas, normalmente exploradas por amadores sem formação num pseudo-site de saúde.

A Informação é vital sim, mas não esta. A informação que é vital é a de - "Porquê?". A explicação do Fight or Flight, do sistema nervoso, o como tudo está interligado. Informação também sobre terapia cognitivo-comportamental - um dos ramos da psicoterapia clínica que se mostrou muito bom para o tratamento desta aflição (embora hajam muitas causas para o surgimento desta).

Criei um blog há algum tempo que já tem 750 comentários. Gostava que o autor e os leitores fossem ler alguns deles, ou mesmo algumas das minhas respostas. Para os pacientes é bom para se identificarem com outros casos - Para pessoal formado é bom para case-studys.

Fica o link - www.hipocondriaco.pt.vu

Lá vos espero

Abraços
~Hipocondriaco

De Camila Almeida a 3 de Janeiro de 2012 às 05:06
bom demais o artigo, tenho 17 anos, moro em Goiânia e no ano de 2011 sofri muito com essa doença. Ano de vestibular, estudando cerca de 10 horas por dia, meu corpo começou a responder por todo tempo dedicado a estudos e comecei a interpretar isso de uma forma diferente. Comecei a notar gânglios em meu pescoço em maio, se não me engano, fiquei de olho neles. Em junho fui em uma otorrino e ela avaliou e afirmou não ser nada grave, mas para mim eu estava morrendo. Em julho eu fiz uma septoplastia, e para isso tive que fazer muitos exames, não deu nada de errado neles. Eu estava focada na doença, acreditava que eu tinha uma doença grave, por isso não tinha aparecido nada nos exames. Em agosto aparece o reinanldo com Linfoma, um dos sintomas eram os ganglios, daí que eu piorei. Comecei a sentir dores na região do pescoço, dores de verdade. Vivia num mundo só meu, não conseguia mais estudar, nem viver direito, eu estava morrendo, e a minha doença se chamava HIPOCONDRIA. É uma dor real com uma doença imaginária, é assim que a defino. Eu sofria no meu mundo, me sentia fraca cada dia mais, entrei em depressão. Quando eu falava sobre hipocondria pra outras pessoas, logo vinham com um preconceito de "ah, você gosta de tomar remédios", "é só parar de pensar nisso que melhora"; não, amigos, eu não gostava de tomar remédios, nem tomava muitos. E sobre o parar de pensar nisso, é impossível, é difícil entender sem estar na pele da pessoa. A diretora da minha escola me pegou chorando num dia desses, começou a falar que eu fazia isso pra chamar atenção, foi terrível. Eu só queria paz! Outro sintoma do tal linfoma são alergias, acabei desenvolvendo uma alergia a dipirona sódica. Como não acreditar que não está doendo se você começa a ver tudo pelo seu corpo? Os médicos dizem não ser nada, mas você vê e sente, é isso que acontece com uma pessoa hipocondriaca. Não queria procurar tratamento, acreditava que ninguém poderia mudar meus pensamentos, somente eu, não precisava da ajuda de ninguém. Pena que não é tão fácil assim. Posso dizer que psicólogos me deram uma força, mas quem realmente mudou a situação foi eu. Lembro-me que ela dizia para eu parar de tocar no meu pescoço que iria parar de doer, fiz isso e realmente parou de doer. Notei que doía de tanto eu apertar. Disse pra eu parar de pesquisar na internet sobre qualquer coisa que aparecia em mim, parei e realmente ajudou. Não digo que a internet seja uma vilã, mas todos nós sabemos que se você botar "ferida na boca" no google, aparecerá como primeiro resultado "cancêr de boca". Parar de fazer essas pesquisas ajuda demais um hipocondriaco em tratamento. Comecei a fazer o uso de antidepressivos, eu estava hipocondriaca, depressiva e com ansiedade excessiva. Também não acreditava que um remédio iria fazer eu melhorar, mas me enganei completamente. Não sei se eu estava dopada, mas eu não tinha mais motivos pra ficar triste, estava sempre feliz. Chorar? nunca mais, besteira. Me pegava pensando sobre o efeito desses remédios, curioso demais. O que acontece com o hipocondriaco é que vivemos em torno do nosso corpo, qualquer pelo encravado é um cancer de pele, daí vem a não aceitação das pessoas perante nossa doença. "ah, que pessoa boba, é só uma feridinha", é assim que a maior parte da população pensa, na verdade estão certos, ninguém é obrigado a nos entender. Sei que agora estou bem, pelo menos acho. Me curei da depressão, minha hipocondria não me afeta tanto mais, agora tenho mais controle sobre meus pensamentos. O que mais me ajudou foi a presença dos meus amigos e principalmente a minha força de vontade de sair desse mundo negro que nunca mais quero voltar. Doença falsa, sofrimento real. Com esse enorme depoimento queria compartilhar com vocês o que é ser um hipocondriaco.
De Dri a 4 de Janeiro de 2012 às 02:51
Eu a parabenizo por expor assim de forma tão clara do que se trata esta doença, me sinto prisioneira do meu corpo e da minha mente, sempre penso que tenho alguma doença muito grave desde de pequena, alguns momentos estou bem em outros entro em paranóia, eu fico olhando todo o meu corpo, uma espinha para mim é rash cutâneo, um carocinho na boca já acho que é herpes, dor de cabeça penso ser meningite, não deixo que pessoas gripadas toquem nas minhas coisas ou falem muito perto de mim pois penso ter o sistema imunológico comprometido e qualquer doença pode ser fatal, me lavo o tempo todo e passo alcóol, cândida e o que mais encontrar de bem químico pela frente, tomo remédios que acredito melhorar meus sintomas, fico comparando o corpo das outras pessoas com o meu para ver se no meu há algo de errado ou mesmo só para comparar, quando alguém me diz que está com alguma doença absorvo os sintomas e passo a sentir como se realmente eu estive com a doença, não procurei ajuda médica porque sei que dependendo vão querer me internar, eu durmo e acordo pensando em doença, doença e doença como cancer, hiv, meningite, tuberculose, pedras nos rins, ulcera sei lá , todas as doenças...é horrível me amedontra, mas eu não consigo controlar a minha mente, eu me sinto em total descontrole, por exemplo eu olho para a minha língua aí se eu acho que algo está errado saio pedindo para as pessoas me mostrar como é a lingua para comparar com a minha, faço exames e mesmo tendo resultado negativo para eles eu acho sempre que tenho que repetir pois pode ter havido erro no laboratório, porque a doença pode não ter sido identificada, porque o exame pode ter sido trocado e tudo isso que me tira a paz...isso é só uma parte do que faço pois se fosse mencionar tudo com certeza me achariam louca. Eu quero me curar disso, sair deste mundo onde o meu maior inimigo é a minha mente sem controle, espero que Deus me ajude a conseguir.
De fly a 19 de Janeiro de 2012 às 18:18
Conheço uma moça em que aconteçe exatamente as mesmas coisas mas em vez de ela se preocupar com ela mesma nesse sentido, preocupa-se com a filha pequenina, parece que a mãe fabrica problemas de saude da menina na sua propria cabeça, por mais que os medicos digam que a menina está bem, a mãe nunca acredita, ou é porque come pouco, ou porque chora muito, ou porque tem o cócó com tonalidade de cor ligeiramente diferente e já é uma diarreia complicada... alguem me pode dizer se isso é o mesmo principio de hipocondrismo?
Muito obrigado
De jb a 1 de Março de 2012 às 22:39
Dri, não está sozinha. Senti-me revisitada no q escreveu. E é muito doloroso...Acredite q sei.
De gty a 17 de Julho de 2013 às 07:03
Dri, sei exatamente o que sente... estou às 3 da manhã sem conseguir dormir.. tive uma infeccao de garganta 10 dias atras, e nada me faz tirar da cabeca que isso esta evoluindo para uma meningite. Deus nos ajude a vencer
De Xaria a 12 de Março de 2017 às 21:57
Meu Deus! Você descreveu tudo o que me acontece desde os 7 anos de idade, é horrível. Tenho 57 anos, melhorei, mas os mesmos pensamentos ainda me assobram.
De Nice a 4 de Abril de 2017 às 19:02
Olá Dri, podia dar-me o seu email? Pois gostava de falar sobre "outras coisas que faz". Não se sinta sozinha, as vezes também me sinto louca.
De joao a 8 de Julho de 2017 às 04:40
ola Dri, caso você queira, deixe seu email para que possamos conversar algumas vezes, sei bem como é isso, e sei que é uma prisão sem muros, mas só de você reconhecer isso já é um passo, sabemos que no fundo nossa saúde vai bem obrigado, mas o que temos que tratar é a nossa cabeça, tudo de bom e aqui estamos pra ajudarmos uns ao outros, bj
De Marcos a 14 de Abril de 2012 às 13:59
Gostei muito do seu comentário, vc definiu muito bem um hipocondríaco.
De michele a 18 de Maio de 2012 às 23:03
carmila,

meu comportamento é examtamente como o teu, até os sintomas. Pior que estou no coimax da coisa, estou tão pirada que nesta semana fiz 3 exames pq uma ingua nao vai embora nunca, nos 3 exames tive anomalias mas nada de grave. Mas já viu, estou me sentidno a pior das pessoas pq acho que a minha encanacao toda acabou me trazendo problemas de verdade, que se eu estivesse queita, vivendo minah vida de verdade nao teria nada, tipo o feitiço virou contra o feiticeiro? é um loucura, mas agora eu estou decidida a melhorar, vou consultar um psiquiatra e estou mudando radicalmente alguns planos para tentar ter com o que me distrair que nao o trabalho e as doenças!
De JULIO a 4 de Setembro de 2015 às 23:53
Me sinto da mesma forma, há anos que o medo de ter hipertensão me persegue, agora tive umas dores na nuca e descompasso do coração e estou com um medo terrível de ter adiquirido a doença de tanto medo estresse e ansiedade. E detalhe, não criei coragem de fazer os exames :(
De joao a 8 de Julho de 2017 às 04:48
Você não faz o exame por medo de receber um diagnostico não é isso, muito comum para nos que sofremos com esse tipo de transtorno, mas fazendo ou não é a sua cabeça que merece ser tratada, no meu caso foi assim, enfartei trocentas vezes, tive tremores, sudorese, dores no torax, estadas em prontos socorros, dormia e sentia o coração bater lá nas costas, mas enfim, reconheci que precisava de ajuda, depois de inúmeros exames, mesmo tendo a absoluta certeza que receberia o diagnostico de um coração mais práalá do que pra cá, fui informado que minha saúde física estava em ótimas condições, mas que meu emocional estava extremamente abalado, então parti pra cima dele com tudo, e mesmo as vezes querendo pirar de novo, ajusto o parafuso do meu emocional e boto as engrenagens pra rodar, pra mim ta sendo um otimo tratamento, espero ter ajudado.
De Rodrigo Badaro a 26 de Junho de 2012 às 23:09
Muito bom o seu comentario,estou passando por isso a 1 ano e meio e quando estou em epoca de provas sinto uma dor avassaladora,muito forte e gostaria de saber mais como superou de verdade...
De Leandro a 29 de Julho de 2012 às 18:43
Camila, eu sou igual a vc era. Estou nesse momento exatamente com os mesmos medos. Obrigado pelo seu depoimento, ele ajuda a pessoas como eu que ainda são dominados pela hipocondria.
De odete a 3 de Agosto de 2012 às 16:26
foi muito bom ler sua historia ,igualzinho eu ....me ajudou muito bjos!!!
De Edivaldo a 6 de Dezembro de 2012 às 12:43
Muito bom seu depoimento , muitos de nós passamos por esse problema , e não é uma suposição e sim um fato , você pensa em uma doença e ela aparece sim , sou prova disso um dia tomando banho passei o sabonete em baixo do braço havia um pelo encravado e achei que estava com um tumor , imaginei e todo dia ficava passando a mão na outra axila e surpreendentemente apareceu outra glândula aí achei que estava morrendo entrei em desespero procurei um médico ele disse não é nada toma esse remédio se não sumir faremos uma biópsia não deu 4 dias e havia sumido as temidas glândulas fora esse fato que realmente aconteceu comigo ainda hoje sofro com esse comportamento hipocondríaco em primeiro lugar peço muito a Deus todos os dias para que me cure dessa falsa doença que nos deixa doente , a busca divina é a melhor opção na minha opinião quando vou a igreja recebo do Senhor uma paz tão grande e tudo que sinto de dores no corpo que fico imaginando tudo somem portanto é indispensável a busca de Deus é o melhor médico e o melhor remédio ok muita paz e saúde .
De Dilmaria Rouget a 13 de Dezembro de 2012 às 03:18
Exatamente Edvaldo, So DEUYS eo o Seu Filho amado Senhor Jesus Cristo para nos libertar desta maldita doencas... ce falou do ganglio eu gelei aqui, nao sei se de tanto eu apertar que tenho 2, ou sei la o que é...
De Dilmaria Rouget a 13 de Dezembro de 2012 às 03:20
Edvaldo, concertando...
SO DEUS!!
De gisele a 17 de Junho de 2015 às 13:18
nossa igaul aconteceu comigo so que meu pelo encravou na pele do meu seio,dai fui no medico passou pomada e antibiotico para eu tomar,dai melhorei ja faz um ano,mas eu ainda vivo passando a mao e procurando mais coisas pra acaber com o resto do meu sussego,eu entrei numa depresao por causa disso,e td que tenho ou sinto ou vejo no meu corpo ja dou o meu diagnostico c.a aff q tristeza
De Isabela a 24 de Maio de 2018 às 22:20
Gente preciso de ajuda demais tb.. Por favor. Fico olhando minha lingua todo dia. Ta com leucoplasia. Fiz ate biópsia. Sofri demais . Agora apareceu outra placa branca. Acho q sempre e doença fatal. Me ajudem. O q vou fazer. N aguento mais ficar assim .
De Dilmaria Rouget a 13 de Dezembro de 2012 às 02:39
Seus sintomas, sao muito parecidos com os meus.
Enfermidades imaginaveis e dores reais... Vivo neste dilema ja faz 8 meses, que imagino ter cancer. O medico me garante que nao . Comecei com uma crise de vesicula , porque 3 parentes da familia , fez cirurgias. Mas tudo comecou com uma dor no estomago , quando bebia liquido, em ventos de uma termino de uma parte, rumo ao inicio de outra grande parte de estresse.
Ja se faz 8 meses que tenho dores. sinto ganglios sim, dores, queimor, tudo. So falta mesmo fazer uma mamografia....Que espero que nao . seja nada. As dores do pescoco e os ganglios (2) sao do mesmo lado tudo que sinto, direito...."E' terrivel '
De gisele a 17 de Junho de 2015 às 13:24
nossa igaul aconteceu comigo so que meu pelo encravou na pele do meu seio,dai fui no medico passou pomada e antibiotico para eu tomar,dai melhorei ja faz um ano,mas eu ainda vivo passando a mao e procurando mais coisas pra acabar com o resto do meu sossego,eu entrei numa depresao por causa disso,e td que tenho ou sinto ou vejo no meu corpo ja dou o meu diagnostico c.a aff q tristeza
eu vivo pensando nessa doença cada dia acho num lugar diferente
so de ouvir falar e tudo pra eu encucar.
De Rodrigo a 23 de Setembro de 2013 às 22:54
eu tenho uma dor no quadril desde 2011 e gostaria de compartilhar q ja gastei cerca de 10 mil reais em tratamneto com todos os melhores médicos e estou em tratamento com dores cronicas fortes...queria ajuda de voces....
De Wellerson Sabat Rodrigues a 4 de Novembro de 2013 às 06:11
Sofro o mesmo mal que você, infelizmente todavia não pude me curar, sou obsessivo compulsivo, ansioso e hipocondríaco, sabe o pior de tudo isso? Eu estudo medicina!
Atualmente estou sobre alta pressão comigo mesmo, sem dormir, sem estudar direito, pois coloquei na cabeça ter Esclerose Lateral Amiotrófica.
A verdade é que estou ficando louco comigo mesmo, não consigo em momento algum deixar de ser paranoico e de pensar nisso.
Só quem vive essa terrível doença sabe a tristeza que ela traz.
Só de ler a palavra ou escrever o nome da doença eu sinto arrepios de medo, preocupação, etc...
Na primeira vez que me aconteceu (com outra doença) procurei ajuda psiquiátrica, não ajudou muito, eu tinha que tomar benzodiazepinas e outras medicações e isso me prejudicava muito em meus estudos. Mas depois consegui tirar da cabeça que padecia aquela primeira doença.
Mas agora, voltou tudo como era :( Não vejo outra solução a não ser procurar ajuda novamente e esperar que realmente sirva.
Bom, eu sentia a necessidade de desabafar, é bom saber que não estou sozinho nessa.
De Juliano a 5 de Setembro de 2015 às 00:00
Te entendo, mas procure ter uma vida religiosa mais ativa e terapias alternativas.
De Oliveira a 23 de Agosto de 2016 às 16:03
Te entendo perfeitamente meu amigo pois eu também sou assim, existe tempo que estou bem outros não.
o que fazer?
De Máurison Silva a 27 de Janeiro de 2017 às 13:34
Wellerson, estou exatamente com o mesmo medo que você. Há alguns anos, desenvolvi um medo terrível de estar doente: câncer, problemas cardíacos e, agora, essa doença de cujo nome tenho enorme medo. Sinto fadigas inexplicáveis e sempre que leio na internet sobre um sintoma específico de esclerose laterial amiotrófica, me vejo tendo os sintomas. Já fiz sete exames de sangue, um doppler das pernas, uma eletroneuromiografia e uma ressonância magnética da coluna lombar. Os resultados: nada. os médicos me dizem para eu ter uma vida normal, mas no íntimo, não me convencem. Passei a viver meus dias na certeza de que estou doente e isso é horrível. Estou em acompanhamento terapêutico há 2 meses e estou com consulta marcada com um psiquiatra. Mudei a minha alimentação e começarei a fazer pilates. Vou vencer esse medo, assim como espero que você o tenha vencido e que outras pessoas que vierem a ler este depoimento também o façam. Precisamo controlar a nossa mente para, nos conhecendo melhor, possamos descartar pensamentos que nos fazem sofrer. Muito obrigado por ter compartilhado a sua experiência. Vamos todos lutar contra esse mal paralisante que nos faz sofrer sem motivos. Fiquemos todos em paz conosco e, para aqueles que acreditam ou não, em paz com Deus.
De Xaria a 14 de Março de 2017 às 11:39
Meu amigo, como citei no comentário acima tenho todos os medos e sintomas do mundo desde os 7 anos de idade, mas piorou muito durante a universidade. Sou Farmaceutico.
De marcio a 24 de Julho de 2015 às 18:23
estou assim como voce falou o que devo fazer
De Ariany Batista a 21 de Janeiro de 2016 às 11:22
Oi Camila, bom dia! Eu adorei sua declaração. Queria saber mais c/vc... Acho que estou sofrendo disso.. Não aguento mais, e seu depoimento me aliviou um pouco !!!!
De Alissom a 6 de Março de 2016 às 12:50
Gostei do seu comentário, realmente é muito difícil viver com tantos pensamentos obsessivos. Com o tempo você começa até a observar como funciona os esquemas de pensamentos.
Desenvolvi isso aos 11 anos de idade e nessa época realizei vários exames em busca do nada. Já me imaginei com várias doenças, câncer de todos os tipos, basta uma fezes flutuantes no vazo para se ter um câncer no pâncreas. Consome muita energia psíquica, fica impossível se dedicar plenamente a outros problemas quando suas forças estão direcionadas apenas a um foco, totalmente irreal.
De Oliveira a 23 de Agosto de 2016 às 16:10
Verdade amigo é muito difícil conviver com esse sentimento, eu também vivo assim e a gente acaba deixando de ter um vida plena por causa dessa mania que toma conta de nossa mente, só Deus pode nos ajudar nos dando estrutura psicologica renovada.
De KLEBER a 23 de Abril de 2016 às 02:50
ESTOU PASSANDO POR ISSO ACHO VARIOS NA VIRILIA MAS ALGUM MEDICOS DISEE QUE NAO E NADA DE GRAVE ME PASSA EXAMES MAS NAO FAÇO POS TENHO MEDO DE SER ALGO RUIM

De Oliveira a 23 de Agosto de 2016 às 16:12
Difícil isso, mas eu acho que deveria pelo menos fazer os exames.
De Anonimo a 25 de Outubro de 2016 às 13:50
Estou passando por isso.. um dia senti minha boca ardendo e fui ler diagnosticos na internet.. no outro dia olhei no espelho e meu sorriso estava torto, coisa minima ninguem reparava.. Mas entrei na internet e comecei achar q era por causa de um tumor comprimindo meus nervos... eu so chorava.. quase entrei em depressão.. Fiz ressonancia magnetica do cranio q pelo q li no laudo tudo dentro da normalidade, GRAÇAS A DEUS, mas ainda vou levar no neuro pra ele analisar.
Ja fui em 3 otorrinos e todos olhavam e não viam nada em mim.. Apenas uma me pediu um exame que coloca uma camera na garganta, o qual estou aguardando a data para fazer. meu ouvido tem dias que do nada entope não sei se é de panico ou se to com algo realmente, minha garganta e toda a minha boca arde e isso já tem aproximadamente 1 mes. Mais uma vez fui ler no google e vi q poderia ser cancer na garganta, ou laringe ou um outro q da atras da orelha... meu Deus... eu fico desesperada e acho q ninguem ta conseguindo descobrir o que tenho e quando descobrir vai ser tarde demais.

Sei q esse não é nem de longe o melhor diagnostico , mas se me disser q meu problema eh hipocondria vou ficar um pouco mais aliviada do q pensar q estou com uma doença terminal.

Agora
De Ma a 17 de Janeiro de 2017 às 11:45
Parabéns pela coragem de expor seu caso. Estou sofrendo exatamente da mesma coisa, dos mesmos sintomas e nenhum exame da alterado.
Talvez eu precise mesmo desse anti depressivo.
De E a 23 de Junho de 2018 às 03:51
Estou igualzinha, a uns 5 meses apareceu uns caroços no mu pescoço, da partir daí comecei a ficar paranóica com o l (me dá arrepios só de ler o nome da doença) fui no médico e fiz exames de sangue e ele falou que naoera essa doença, mas não adiantou muita coisa, continuo dia e noite pensando e chorando por medo de ter isso
De E a 23 de Junho de 2018 às 03:58
Esqueci de falar que também sinto dores no pescoço, talvez seja de tanto apertar, e ontem fiquei tão ansiosa que quase desmaiei pensando estar tendo um ataque cardíaco
De Natali a 8 de Julho de 2018 às 22:51
Estou passando por isso pela terceira vez. A primeira vez eu tinha uns 17 anos. Por curiosidade comecei passar a mão pelos meus seios pra ver se tinha algo de errado e já percebi que algo não estava bem. O que eu fiz? Pesquisar no Google sobre meu primeiro sintoma (caroço no seio). Pronto! Fui diagnosticada com câncer de mama pelo Google logo com 17 anos de idade. Passava a mão no meu seio a cada 1 minuto pra sentir aquele bendito caroço no meu seio. Criei coragem e visitei um médico que me encaminhou para uma ultrassonografia. Resultado: um cisto simples, nada perigoso. Mas e quem disse que eu confiei naquele médico?! Haha o tempo foi passando e eu fui me confirmando. Certo dia começo passar a mão no meu pescoço, senti outra vez uma coisa errada. Um linfonodo, pra mim aquilo era um câncer. Em pesquisas pelo Google, novamente meus sintomas era de câncer. Mds, como aquilo me desesperou. Lembro que passei 1 semana inteira sem conseguir sair da cama, o pouco que levantava era pra comer alguma coisa porque era obrigada por minha mãe. Marquei novamente um médico que me passou outra ultrassonografia. Diagnóstico: um linfonodo de tamanho normal, medindo menos de 1 centímetro. Mas pra mim aquilo tinha 3 centímetros de tamanho quando eu tocava. Mais uma vez não acreditei no resultado e só colocava na cabeça que eu tinha linfoma. Fui esquecendo isso com o tempo, de novo! E agora numa das minhas rotinas de exames, tive que fazer a ultrassonografia de novo só pra acompanhar a "vida" do meu cisto. Haha eu sabendo o que é, o médico me dizendo que é uma coisa simples e sem risco de câncer, mais uma vez coloquei na minha cabeça que estou ou terei câncer em breve. De novo sentindo linfonodos em várias partes do meu corpo. Essa é a luta que estou vivendo atualmente. Pela primeira vez pesquisei no Google sobre achar que estou doente e não pesquisar com a certeza que estou doente. Estou procurando todas as formas possíveis de me livrar disso.
De Fernanda a 11 de Agosto de 2018 às 04:30
Vc acabou de descrever exatamente oq passo, comecei a sentir um desconforto no meu pescoço, passei a apertar de todas as formas procurando algum tipo de caroço e é um medo incontrolável, medo de ir no médico e confirmarem qualquer doença grave. Na hora q vc citou que doía de tanto apertar, percebi que o meu problema também é esse aperto muito, fica dolorido e avermelhado, já não aguento mais viver com essa angústia e espero me livrar disso como vc! Obrigada por compartilhar sua história!!!
De eliane arruda a 23 de Julho de 2012 às 17:48
oi pessoal eu nao fui diagnosticada com isso, mas tenho certeza que tenho,depois que tive sindrome de panico eu fiquei com medo imenso de doença eu já fui em todas especialidades medicas pq qualquer coisa em meu corpo eu acho que é algo grave,um simples resfriado me deixa mal pensando que pode ser algo mais grave, eu perdi a confiança em médicos e exames ja faço tratamento pra a sindrome do panico ainda nao tive coragem de comentar com ninguem sobre esse medo de doenças eu sei o quanto sofremos com isso.
De Edivaldo a 6 de Dezembro de 2012 às 12:49
Olá , bom vea nho te dizer que sinto as mesmas coisas e que isso está se tornando muito comum entre as pessoas como vc disse não teve coragem de dizer a ninguém , mas tenha certeza de uma coisa a busca divina é a melhor opção , pois quando vc entende o amor de Deus vc perde todos os medos , digo pois meu refúgio minha calma meu remédio está quando procuro Deus , sou católico mas independente da sua religião busque-o e verá a mudança , digo pois sou prova viva de tudo isso e a resposta vem rápido viu coisa assim vc dorme e no outro dia acorda com a cura muita paz e saúde em nome de Jesus amém
De Anónimo a 10 de Dezembro de 2012 às 15:08
olá. Bem vai ser a 1|°vez que participo em algo assim, pois na maioria das vezes nao gosto de falar sobre isso porque cho irracional esse meu padecimento mas completamente incontrolável. Tenho 26 anos, e há muitos anos que já sofro disso no entanto tem vindo a piorar, aliás este ano já fiz mais de 10 exames. O pior para mim é que considero me uma pessoa racional, curiosa , inteligente e no entanto nao consigo controlar. Tudo piorou quando terminei a minha formacao universitária. Tenho constantemente medo das doencas, do cancro obiviamente e por alguma razao que me é desconhecido acho que morrirei de cancro. Nem posso ouvir falar de tal doenca entro logo em parafuso, é o pânico total.
Aliás os exames que vou fazendo dao despistes po cancro, cancro do estômago, do intestino, dos rins, da bexiga, da garganta, ect, ect. enfim ridículo completamente acho surreal. O meu noivo sabe disso e tenta ajudar me, tranquilizar me mas fico tao transtornada que só descanso qaundo vou ao médico mas passado 2 dias volta tudo ao mesmo, comeco a ver coisas na ent durante horas e pronto o pânico acontece outra vez! Nao consigo mais viver assim, sinto me demente, louca e já nem consigo falar sobre isso, Tenho imensa vergonha. Fui ao médico há pouco tempo e já necessito ir outra vez mas sei que devo controlar mas é quase insuportável, o pânico e o medo sao tremendos. Os dias custam a passar porque isso nao me sai da cabeca. Enfim tal como disse é a loucura total.
De Dilmaria Rouget a 13 de Dezembro de 2012 às 03:11
Anonima... Voce nao e' louca, porem cuide-se para nao chegar na minha idade com isso na cabeca. Porque lhe trara muito sofrimento e perda de dias e vida ... Como eu... Eu penso como voce. E, ja que tive uns familiares que tiveram historicos da doenca... Minha forca maior e' Deus eo Senhor Jesus Cristo! Que realmente sao doencas que a ciencia nao descobre ( espiritual ). Os meus pensamentos sao como mais fortes do que eu desejo ter. Eu tambem, so ando na internet olhando sitomas disso ou daquilo, e o pior e' que todo sintoma de outra doenca sao iguais as do ca... Mas como diz meu Dr. David, com 8 meses com dores de cancer e nao apresentar em nenhum exames... entao ja teria morrido ou estaria num hospital as portas da sepultura... sinto todos os sintomas de cancer de mama... comecou pelo ataque de vesicula billiar, fiz ultrasonografia e uma bateria de exames de sangue e nao constou nada...as dores sumia e voltava,( sem contar que em isso tudo, eu e meus dois filhos estava de chagada ao Canada , Pais novo, tudo novo, principalmente para meus filhos, que teriam que comecar do zero,ansiedade e nervosismo de mae ). Entao pensei:...e' pior, e' maligna... pancreas, lifanticocom o Reinaldo, e as dores. depois seria intestino... depois ultero, ovarios..aiai...em dias que eu pensava, que a cicatriz da minha cezariana iria explodir como bicho ruim enrraizando dentro de mim, ate que chegou no estomago, nao poderia comer, que iria dar diarrreia e ai sim, sangraria e descobririan que tinha a doenca e que eu nao duraria muito tempo de vida.. panico e mais panico. Esta comendo tudo, me triturando por dentro, corre ao Dr. ele diz: confia em mim, voce nao tem cancer..impossivel, os sitomas que tenho, a mae de uma menina no Brasil, que amo muito morreu com a enfermidade na mama..os sintomas, queimor no pescoco, dores no trapezio, no braco, talvez... so de um lado, direito.... entao, se toma uma dose forte de antidepressivo e todos os sintomas se vao... se dormir bem... come bem... mas um outro dia, se desperta e olha os sintomas piores.. ai.. as dores voltou ele acordou outra vez, desta vez tera uma ccrise forte e pode morrer agora..internet GOOGLE-PESQUISAS sintomas..ai e' ele, corpo gelado, ataque de panico, tremos , coracao acelerado.. e' o que sinto, vou morrer...um medo incontrolavel, olhar a vida como talvez o ultimos momentos... a cienca nao me descobri nada, este laboratorio nao quer me ajudar, este Dr. e' mal, nao pode encontrar isso.. ele nao ver que quero encontrar logo, para quem sabe eu ter chance de viver... meus filhos, quem vai cuidar...Esta maldicao se chama HIPOCONDRIACOS? Estresse, panico, depressao, ansiedade..tudo junto, e ainda os sintomas que nao quero sentir e os sintos... o unico exame que falta fazer e mamografia....E espero em Deus dar tudo certo. Mas uma pessoa que abril meus olhos para ver se eu nao era HIPOCONDRIACA por doenca... fui fiscalizar e ver seus sintomas e pareci muito comigo, porem , tenho ataque de panico, medo de morrer, sempre penso que tenho doencas ruim terminal (Senhor me liberta )estresse, ataque de ansiedade. Mas confio no Senhor Jesus Cristo. Que se for este meu mal, que ja venho com isso ha mais de 12 anos, porem em crises menores, esta agora, foi e estar sendo pior que a primeira 12 anos passados. Porem, vou estudar sobre o assunto, ler muito, fazer minhas consultas , tomar as drogas necessarias e dar um FIM nesta historia triste , que em parte e' real....
De Anna a 14 de Maio de 2013 às 12:30
oi para todos...passo pela mesma situação, e o pior, sou bem resistente para tomar remédios...Queria saber quais de vocês toma algum tipo de medicamento e se adianta...porque tenho medo também de me encher dessas drogas e afetar algum outro problema...
Estou tão feliz agora, pq descobri o meu problema, a tempos procuro na internet e nunca tinha conseguido me interpretar...obrigada a todos!
De Hodolpho Luiz a 3 de Novembro de 2013 às 20:48
Eu tenho 14 anos, acho que sofro disso!. Começou no começo de 2011, quando uma simples espinha apareceu no meu nariz, la dentro mesmo, na minha cabeça eu achava que era um tumor!, um câncer!, ficava dizendo a todo mundo!, todos riam de mim!, porque não tinha nada a ver, com o passar do ano de 2011, foi passando até que eu eaqueci totalmente e fiquei calmo. Mais esses medos terrivéis voltaram no ano seguinte(2012) eu achava por achava que estava contaminado com uma doença sexualmente trasmissivel, uma hora eu pensava que estava com HIV, outra hora pensava que estava com Gonorreia!, depois pensei en estar contaminado com Sifilis!, mais era ridiculo pensar isso!, sou super virgem!, nunca tive relações sexuais com ninguém!, eu nunca nem bejei ninguém!, e nunca passei por situasões de risco!, mais mesmo assim as duvidas e medos continuaram!. Nesse ano em 2013, o problema voltou com mais poder e força!. Na minha casa minha avó ficou bastante resfriada!, e todos que eu conhecia como vizinhos estavam ou ficaram resfriados, estava ventando muito!, e trazia poeira e outros agentes causadores dos resfriados!, eu fiquei resfriado, minha irmã, meus tios, e meu avô também!, mais fui ler na internet e vi que os sintomais inicias da AIDS eram parecidos com de um Resfriado normal!, foi o bastante para eu começar a acreditar que estava doente disso!, mais o fato de eu ser virgem e nunca ter cometido situações de risco, me confortavam e me acalmavam!, mais os pensamentos eram terriveis!, e todos diziam para mim que era impossivel!, improvavel!, pois todos da minha familia estavam com os mesmos sintomas!, eu fiquei com dor de garganta, febre, nariz escorrendo apenas por 1 dia, depois disso ficou uma tosse seca chata!, os sintomas nem pareciam com os de um Resfriado!, parecia mais que eu tive contado com poeira!, e eu tinha um cachorro que soltava muito pelo!, resumindo!, agora estou com muito medo ainda!, quero consutar um especialista em doenças da mente!, preciso muito, pois estou sofrendo muito!
De fabiana a 27 de Março de 2014 às 19:39
sinto tudo isso e me apavoro pois ninguém me tende já to com vontade de morre nem solução consigo ver mais
De Nelly a 7 de Setembro de 2014 às 03:15
Desde 2011 eu desenvolvi isso quando uma amiga minha, estava a beira da morte com problema nos rins e minha mãe estava internada. Só que as minhas crises me levam a desmaiar, o que me deixa mais apavorada ainda. Gostaria de saber se isso já aconteceu com um de vocês.
De Sabrina a 19 de Janeiro de 2015 às 15:28
Me identifiquei muito com os comentários, me sinto horrivelmente fraca e desanimada pra vida. Qualquer coisa que eu leio sobre doenças eu já fico apavorada e meu coração bate mais forte e eu começo a tremer. SÓ Deus sabe o quanto isso é ruim. Não tenho sintomas de nada. Sou saudável exceto no sentido psicológico, já que minha mente anda acabando com meus dias. Tenho mto medo das DST's, qualquer coisa que leio sobre isso eu fico super mal. Esses tempos atrás comecei a por na minha cabeça que tenho HIV e essas doenças graves mas nao tenho nenhum sintoma. Peço que Deus me ajude, estou mto mal, qualquer assunto sobre doença já me deixa em estado de pânico. Quero me livrar disso, pois já venho pensando até em suicídio.
De valentina a 4 de Fevereiro de 2015 às 20:19
WAO !!!!!! 2015 é realmente um ano marcante para mim.

   Quem vai acreditar que um ervas podem curar a 10 anos de HIV no meu corpo, eu nunca acreditam que isso vai funcionar eu tenho gastar muito quando chegar drogas do hospital para me manter saudável, o que eu estava esperando é a morte, porque eu estava ficando sem dinheiro , um dia eu li sobre este grande herbalista que alguém escreveu sobre que ele pode curar falecimentos e vírus do corpo e esta pessoa escreveu que depois que ele bebeu as ervas o médico preparado e enviar para ele o que ele estava curado do HIV, eu decidi enviar e-mail para ele, sem saber, para mim que este será o fim das ajudas de HIV em meu corpo, ele preparar a erva para mim, e me dar instruções sobre como levá-la, no final da uma semana, ele me disse para ir para o hospital para um check-up, e eu fui, surpreendentemente, após o ensaio, o médico confirmar me negativo, eu pensei que era uma piada, eu fui para outro hospital também foi negativo, então eu tirei o meu amigo que também era HIV positivo o Dr, após o tratamento, ela também foi confirmar negativo. Ele também tem a erva para curar o câncer por favor, eu quero que cada um com este vírus para ser livre e é por isso que eu estou baixando o endereço de email: okonofuatem99@gmail.com seu nome é Dr. Paul Emen do e-mail dele. ou melhor ainda adicionar-lo em seu facebook pessoal com o e-mail abaixo:
okonofua_solution_tem99@hotmail.com, ele é um grande homem.

Eu sou VALENTINA LIBERTO VOCÊ TAMBÉM PODE ME ADD NO FACEBOOK para a direção sobre como cumprir o com o e-mail abaixo:
vlibertore@gmail.com
  Pai, obrigado por salvar a minha vida, e eu prometo que vou sempre testemunhar para o seu bom trabalho.
De Marcella a 29 de Outubro de 2015 às 20:54
Sou hipocondriaca,paranoica e medica, lindas combinaçoes...
De Dr Anthony a 6 de Junho de 2017 às 10:06
Bem-vindo ao hospital geral de Toronto, hospital especialista que compra rim ($ 370,000.00 dólares), deseja vender seu rim em troca de dinheiro? Se sim, entre em contato com o médico Anthony Craig hoje para obter uma transação confiável e boa por um bom dinheiro e para uma melhor cirurgia, entre em contato através de: torontogeneralhospital@aol.com

Esperando por suas respostas ...
Cumprimentos….
Dr. Anthony Craig
De precious a 4 de Julho de 2017 às 13:34
Olá, todos são preciosos do estado das Américas aqui para testemunhar em nome desse grande homem que trouxe de volta a felicidade para minha família depois que meu amante Chris me deixou por 3 anos para outra mulher, realmente amei Chris porque ele era meu primeiro Amor, eu tentei tudo o que estava ao meu alcance para fazer com que Chris voltasse à minha vida, mas as pessoas que conheci apenas continuaram me enganando e me mentindo. Então, normalmente, aos sábados, eu sai para fazer meus cabelos e pegar algumas coisas. Então, eu conversei com as pessoas No salão se eles ouvem rádio lá, que há um programa (como eu voltei meu ex) E comecei a falar muito sobre o Dr. EDDY como este homem ajudou muitas pessoas a trazer de volta amante lá, então imediatamente eu fui Perto das senhoras que conheci no salão e eu expliquei as coisas para eles, disseram que eu deveria tentar entrar em contato com o Dr. EDDY que ele falou da cidade e as pessoas estão realmente entrando em contato com ele para obter ajuda imediatamente buscamos na internet e lemos otimo Coisas sobre o Dr. EDDY, agora recebi Todo o contato do Dr EDDY instantaneamente no salão eu dei uma chamada ao Dr. EDDY e eu compartilhei meu problema com ele. Ele só me disse para não me preocupar que eu deveria ser feliz. Ele apenas me disse para lhe enviar alguns detalhes que eu fiz, E Então ele voltou para mim que tudo ficaria bem dentro de 36 horas, eu estava tão feliz, então o Dr. EDDY fez o trabalho dele e ele não me falhou, meu amante Chris veio até mim em lágrimas e pediu desculpas por me deixar profundamente dor por bem 3 anos, então ele decidiu provar que ele nunca me deixaria por qualquer motivo que ele me fez ter acesso a sua conta e me fez seus parentes mais novos em toda sua vontade. Agora, o mais perfeito é que ele não pode passar um minuto Sem me ver ou me chamar, sou tão grato ao Dr. EDDY por trazer de volta a felicidade que eu falta por anos, entre em contato com o Dr. EDDY para obter ajuda, ele é um homem de confiança no e-mail é dreddyspiritualtemple@gmail.com ou você pode chamá-lo ou whatsapp Ele com este número ... + 23408160830324
(1) Se você deseja o seu ex de volta.
(2) se você tiver sempre sonhos ruins.
(3) Você quer ser promovido em seu escritório.
(4) Você quer mulheres / homens para correr atrás de você.
(5) Se você quer um filho.
(6) [Você quer ser rico.
(7) Você quer amar seu marido / mulher para ser seu para sempre.
(8) Se você precisar de assistência financeira.
(9) Se você quiser parar o seu divórcio.
10) Ajudar as pessoas a sair da prisão.
(11) Feitiços de casamento
(12) Magias de milagre
(13) Feitiços de beleza
(14) PROFECIA CHARM
(15) Atração Feitiços
(16) Feitiços do olho mau.
(17) Feitiço de beijo
(18) Remova feitiços de doença.
(19) ELEIÇÃO GANHANDO SPELLS.
(20) SUCESSO EM EXAMES SPELLS.
(21) Charm para obter quem te ama.

CONTATO: dreddyspiritualtemple@gmail.com

Comentar post

.links